ATé REIS SE REFUGIARAM NESTE LUGAR ENCANTADO DE PORTUGAL

Ir até à praia não é a única forma de refrescar do calor. Também é possível fazê-lo no meio da floresta, debaixo da sombra de árvores centenárias, como aquelas que existem num local encantado no centro de Portugal. 

Falamos da Mata Nacional do Bussaco, localizada na freguesia de Luso, município da Mealhada, e integrada numa área protegida da Serra do Bussaco. A história deste local começou no século XI, quando estava na posse do Bispado de Coimbra antes de ser doada em 1628 à Ordem dos Carmelitas Descalços.

Foi nessa altura que se construiu o que viria a ser o convento de Santa Cruz, que teve um papel fundamental em 1810 na Batalha do Bussaco, servindo de apoio às operações do Duque de Wellington durante o confronto entre as tropas luso-britânicas e francesas.

Entre 1834 e 1855 a mata ficou ao abandono, mas não caiu no esquecimento, tendo sofrido novas alterações quando em 1888 o rei D. Carlos I manda construir o Palace Hotel do Bussaco para refúgio dos últimos reis de Portugal, hotel que ainda hoje existe.

Passaram anos e anos e também pela mata passaram monges, reis e militares e apesar de ainda ter sido o palco de uma batalha sangrenta e de ter ficado ao abandono entre 1834 e 1855, a verdade é que as espécies autóctones e património edificado se mantêm até aos dias de hoje e são alvo da curiosidade de quem passa por Luso. 

Procuram a fauna e flora – desde as 80 espécies de aves ao Vale dos Fetos –, os miradouros, o Convento de Santa de Cruz do Bussaco, o Museu Militar, a Capela de Santa Maria Madalena e ainda o histórico Palace Hotel do Bussaco.

A Mata Nacional do Bussaco é assim um conjunto completo de património natural e cultural e, como diz o Turismo Centro de Portugal, é também uma "guardiã de histórias". 

A entrada na Mata Nacional do Bussaco é gratuita e está aberta todos os dias entre as 9h30 e as 17h. 

Se por palavras é difícil imaginar um lugar encantado como este, nada como ver no vídeo e galeria de imagens. 

 

2024-07-07T03:32:36Z dg43tfdfdgfd