MILHARES DESFILAM EM BARCELONA CONTRA O EXCESSO DE TURISMO

Barcelona, 06 jul 2024 (Lusa) – Milhares de pessoas manifestaram-se hoje em Barcelona contra o turismo excessivo na capital catalã, que recebe anualmente milhões de visitantes, demonstração de uma revolta crescente em Espanha, segundo destino turístico no mundo.

Com palavras de ordem como “Basta! Ponham limites ao turismo”, cerca de 2.800 manifestantes, de acordo com a polícia, desfilaram para exigir uma mudança de modelo económico para a cidade, a mais visitada em Espanha.

“Não temos nada contra o turismo, mas contra o excesso de turismo sim, porque torna a cidade inabitável”, explicou Jordi Guiu, sociólogo barcelonês de 70 anos.

Atrás de uma faixa onde se lia “reduzam o turismo agora!”, os manifestantes desfilaram entoando palavras de ordem como “turistas fora dos nossos bairros” e pararam em frente a alguns hotéis, para surpresa dos visitantes.

Os críticos do turismo excessivo denunciam principalmente o seu efeito no preço da habitação – as rendas aumentaram 68% na última década, segundo a câmara de Barcelona – mas também as consequências nefastas no comércio local, no ambiente e condições de trabalho dos trabalhadores locais.

“Os negócios locais fecham para dar lugar a um modelo comercial que não corresponde às necessidades do bairro. As pessoas não podem pagar as rendas, têm que sair”, queixou-se Isa Miralles, música de 35 anos que vive no bairro de Barceloneta.

Barcelona recebeu no último ano mais de 12 milhões de turistas, segundo dados da autarquia.

Para facilitar o acesso à habitação dos locais, a câmara municipal anunciou recentemente a intenção de acabar com o alojamento local até 2029.

Das ilhas Baleares às Canárias, passando por grandes cidades turísticas da Andaluzia como Málaga, os movimentos hostis ao turismo excessivo estão a multiplicar-se em Espanha.

Segundo destino turístico mundial, atrás de França, Espanha recebeu no ano passado um recorde de 85,1 milhões de turistas estrangeiros.

A região mais visitada foi a Catalunha, com 18 milhões de visitantes, seguida das Baleares, com 14,4 milhões, e as ilhas Canárias, com 13,9 milhões.

O turismo representa 12,8% do PIB de Espanha e 12,6% dos empregos.

IMA // JMR

Lusa/fim

2024-07-06T20:38:25Z dg43tfdfdgfd